Chile acelera recuperação do turismo com novos protocolos

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
https://po.travel2latam.com/nota/75969-chile-acelera-recuperao-do-turismo-com-novos-protocolos
Chile acelera recuperação do turismo com novos protocolos
Source: Twitter @mop_chile
15 de agosto de 2022

A partir de 1º de setembro, estrangeiros não residentes devem apresentar certificado de vacinação contra COVID-19, ou PCR realizado no máximo 48 horas antes de deixar o país de origem


A ministra da Saúde, María Begoña Yarza, juntamente com a subsecretária de Turismo, Verónica Kunze, anunciaram as novas medidas que serão aplicadas à entrada de estrangeiros não residentes no Chile, no âmbito do Plano de Fronteiras Protegidas. Estas destinam-se a atualizar adequadamente os requisitos de saúde, num contexto nacional e internacional onde a vacinação contra a COVID-19 tem sido adotada na maioria dos países.

“Essa melhoria consiste em uma simplificação. A partir de 1º de setembro, a pessoa que entrar no país precisará do comprovante de vacinação, emitido no país onde foi vacinada, além da documentação de identidade”, explicou a mais alta autoridade de saúde.

Conforme explicado pela autoridade, este comprovativo de vacinação funcionará como equivalente ao Passe de Mobilidade.

“Por outro lado, aquelas pessoas que não estão com as vacinas em dia e querem entrar no Chile, devem fazê-lo com uma PCR negativa feita com no máximo 48 horas. Isso nos garantirá segurança no voo e no país”, disse Yarza.

A máxima autoridade sanitária salientou que a vigilância genómica será mantida com testes aleatórios nos diferentes pontos de entrada no país, não sendo necessário o preenchimento do formulário C19, pois graças ao trabalho conjunto com a Polícia de Investigação, esta instituição é aquele que fornecerá as informações de contato necessárias.

A subsecretária de Turismo, Verónica Kunze, valorizou o comunicado indicando que não será mais necessário que estrangeiros não residentes preencham a declaração C19.

“No Chile, buscamos incentivar a entrada de visitantes estrangeiros vacinados, por isso nossos processos de controle de fronteiras foram aprimorados para torná-los mais expeditos, para que não seja mais necessário preencher a declaração C19”, disse.

Além disso, o subsecretário ressaltou que este anúncio “atualiza as medidas para a entrada de turistas estrangeiros, tornará o Chile mais competitivo como destino turístico no cenário internacional, apoiado também pela alta taxa de vacinação da população”.

Sobre a atual situação epidemiológica, a ministra da Saúde, María Begoña Yarza, explicou que na última semana os casos diários de SARSCoV2 aumentaram em média 16%, enquanto a ocupação das UTI pediátricas caiu para 65%. Enquanto isso, a ocupação da UTI adulto está em 87%, com 253 leitos disponíveis.

A autoridade lembrou que se mantêm a Busca Ativa de Casos e as estratégias de vacinação contra a COVID-19, aumentando a disponibilidade de pontos e recursos. Com atuação em estabelecimentos de ensino e locais de trabalho.

visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...