Mercado emissor na Colombia supera em muito os níveis pré-pandemia

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
https://po.travel2latam.com/nota/75104-mercado-emissor-na-colombia-supera-em-muito-os-niveis-pre-pandemia
Mercado emissor na Colombia supera em muito os níveis pré-pandemia
Source: Twitter @BOG_ELDORADO
28 de junho de 2022

Segundo dados divulgados pela ANATO, entre janeiro e maio, o fluxo de colombianos no exterior atingiu um aumento de 6%, em relação ao mesmo período de 2019


O turismo tem sido peça chave para a recuperação da economia dos países; e um dos aspectos que tem permitido seu avanço é a redução das restrições de viagens, que possibilitaram a normalização das viagens internacionais e a confiança de que, no caso da Colômbia, os números do turismo de saída mostram um crescimento representativo. 

De fato, os primeiros cinco meses de 2022 revelam números animadores para esse turismo, pois a ANATO estima que, com base nos dados da Migración Colombia, entre janeiro e maio, o fluxo de colombianos no exterior atingiu um aumento de 6% com 1,9 milhão de viajantes , ante os 1,8 milhão registrados no mesmo período de 2019. Por sua vez, apenas em maio, esse aumento foi de 15%.

“O trabalho das Agências de Viagens na criação de mais pacotes para novos destinos e a sua preparação voltada para a orientação aos seus clientes para lhes fornecer a informação mais completa das necessidades de viagem, tornam-nas importantes promotoras destes resultados positivos. afirmou Paula Cortés Calle, presidente executiva da ANATO.

Cabe destacar que, entre janeiro e maio, por motivos de turismo, eventos e negócios, a América Central e o Caribe concentraram uma participação de 39% como destino na saída de colombianos para o exterior; seguido pela América do Norte, com 29%; e Europa, com 18%.

Enquanto, em relação aos níveis de crescimento, em relação ao mesmo período de 2019, as regiões que lideraram foram América Central e Caribe, com 28%, e destinos como México e República Dominicana; Europa, com 27%, para destinos como Espanha e França; Ásia, com 5% indo para Turquia, Emirados Árabes Unidos e Israel; e finalmente a América do Norte, com um aumento de 4%, em direção aos Estados Unidos e Canadá.

“Esta indústria mostrou que não tem medo de mudanças e novos desafios e, por isso, continuaremos trabalhando para capacitar nossas Agências de Viagens para os diferentes mercados e, assim, incentivar a inovação em seus pacotes e a criação de novas aventuras para os viajantes. turistas”, explicou o dirigente sindical.

visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...