Companhia aérea brasileira RIMA entra para ALTA

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
https://po.travel2latam.com/nota/63545-companhia-aerea-brasileira-rima-entra-para-alta
Companhia aérea brasileira RIMA entra para ALTA
Seg 26 de outubro de 2020

A empresa foi criada em novembro de 2001 com o objetivo de atender a região Norte do país, especificamente a Amazônia Ocidental, com sede principal em Porto Velho e bases operacionais em Manaus e Lábrea


Uma nova empresa se junta ao grupo de companhias aéreas membro da ALTA. Desta vez é a RIMA Aviação, a sexta companhia aérea a receber a certificação IATA Standard Safety Assessment (ISSA), no âmbito do Programa ALTA / IATA.
 
A RIMA é uma empresa brasileira com 19 anos de atuação no transporte de passageiros e cargas, principalmente nos estados de Rondônia, Acre, Amazonas e Roraima. Foi criada em novembro de 2001 com o objetivo de atender a região Norte do país, especificamente a Amazônia Ocidental, com base principal em Porto Velho e bases operacionais em Manaus e Lábrea.
 
O Diretor Executivo e CEO da ALTA, José Ricardo Botelho, deu as boas-vindas à companhia aérea: “Estou muito feliz em receber a RIMA, outra companhia aérea brasileira que se junta à ALTA, demonstrando mais uma vez o esforço para realizar as campanhas da ALTA a todos os cantos da região e, principalmente, ao Brasil. O RIMA vai além do sucesso do Programa ISSA, iniciado em junho de 2018, para ampliar o acesso das empresas aéreas da região ao treinamento necessário para a obtenção da certificação. Demonstramos que a segurança é a prioridade número um na indústria e que existe um forte desejo de que cada vez mais operadoras obtenham sua certificação, contribuam para a expansão da malha aérea e levem os benefícios da aviação a mais lugares na América Latina e no Caribe ".
 
O ISSA é um programa de avaliação voluntário, desenvolvido a pedido da indústria, para estender os benefícios de segurança e eficiência da Auditoria de Segurança Operacional IATA (IOSA) aos operadores de aeronaves menores, que não são elegíveis para o programa IOSA.
 
Em 28 de outubro de 2019, a RIMA recebeu a certificação ISSA dos diretores da ALTA e IATA, consolidando assim seu esforço contínuo na busca pela segurança e eficiência de suas operações. O proprietário e CEO da RIMA, Gilberto Scheffer, expressou sua satisfação em ingressar na ALTA: “É uma grande honra fazer parte desta associação de grande importância para o desenvolvimento da Aviação na América Latina e estamos ansiosos para colaborar com o objetivo da ALTA . Com a tradição e experiência da RIMA em operações na Amazônia Ocidental, podemos agregar mais regiões à rede nacional e internacional ”.
 
Durante o período crítico da pandemia COVID-19, os voos da RIMA contribuíram para o combate à crise de saúde, transportando pacientes, medicamentos, EPIs e material de saneamento, reforçando o papel social da RIMA na região amazônica do Brasil. A RIMA opera voos aeromédicos da Amazônia para todo o Brasil desde 2013, transportando pacientes que necessitam de atendimento médico especializado.
 
“Desenvolver a capilaridade com a criação de rotas e serviços para destinos isolados é essencial para o crescimento da aviação e para trazer benefícios econômicos e sociais para mais lugares da região, principalmente agora que tanto precisamos. A contribuição da RIMA para conectar a região norte do Brasil com o restante do país é de fundamental importância para a aviação brasileira e, dessa forma, garantir que mais brasileiros acessem as oportunidades geradas pela aviação e pelo turismo ”, finalizou Botelho.

visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...