CATA informa regulamentos para quem viaja para a América Central e Rep. Dominicana

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
https://po.travel2latam.com/nota/62592-cata-informa-regulamentos-para-quem-viaja-para-a-america-central-e-rep-dominicana
CATA informa regulamentos para quem viaja para a América Central e Rep. Dominicana
Sex 11 de setembro de 2020

O relatório inclui disposições que foram anunciadas em cada país da região para a entrada de estrangeiros

 


Nas últimas semanas, os países da América Central e da República Dominicana anunciaram a implementação de diferentes etapas para a reabertura de suas atividades econômicas e sociais, incluindo o turismo, bem como de toda a sua cadeia produtiva.

A atividade da área comercial representa um dos pontos de interesse para facilitar o transporte de passageiros nesta nova etapa. Como medida preventiva durante o pós-confinamento provocado pela COVID-19, cada país estabeleceu rígidos mecanismos e protocolos de biossegurança para garantir a saúde dos passageiros que desejam ingressar na região.

Em Belize, o ministro do Turismo e Aviação, José Manuel Heredia, informou que os turistas devem primeiro fazer o download de uma aplicação de saúde do país e preencher um formulário obrigatório antes de embarcar no voo.
Após o preenchimento do questionário, o viajante receberá um código QR com um número de identificação, que será utilizado como mecanismo de monitoramento pelas autoridades correspondentes, durante sua permanência no país.
Além disso, o Governo sugere a apresentação de um teste COVID, com resultado negativo e com intervalo de 72 horas, antes do voo. Da mesma forma, o processo de biossegurança inclui a reserva de voos e hotéis, priorizando aqueles que possuem o Certificado de Reconhecimento Gold Standard.

Por sua vez, a Guatemala, por meio da Direção Geral de Aeronáutica Civil (DGAC), indicou que, para entrar no país, as pessoas devem ter certificado de resultado negativo do teste de PCR, 72 horas antes de embarcar em um vôo para o país, o uso de máscara dentro do terminal será obrigatório, sinalização de distanciamento físico deve ser respeitada em todas as áreas, os passageiros ao entrarem em seus voos deverão passar por arcos de medição de temperatura e utilizar lavatórios de mãos e álcool gel.
O presidente da Guatemala, Alejandro Giammattei, anunciou que também estão trabalhando na instalação de um Centro de Saúde dentro do aeroporto que poderá reagir imediatamente a um caso suspeito de COVID-19.

A Comissão Executiva Portuária Autônoma (CEPA), informou que o Aeroporto Internacional de El Salvador Oscar Arnulfo Romero terá a abertura de voos comerciais sob rígidos protocolos de segurança.
Entre as medidas estão a obrigatoriedade do uso de máscaras para todas as pessoas que entrarem no aeroporto, o terminal estará totalmente sinalizado para manter o distanciamento social, instalação de telas de proteção nos pontos de atendimento e haverá câmeras para detectar a temperatura das pessoas.

Por sua vez, a Agência de Aeronáutica Civil de Honduras (AHAC), determinou que as pessoas que entram no país devem realizar uma pré-verificação da imigração. Mais informações aqui; bem como apresentar teste de PCR ou teste rápido com 72 horas, antes do seu voo; possuir documentos de viagem válidos e atualizados; e cumprir todas as medidas de biossegurança implementadas no aeroporto.
O Ministério da Saúde da Nicarágua (MINSA) solicitará como medidas protocolares aos viajantes internacionais, o resultado negativo do teste de PCR, com no máximo 72 horas, antes de entrar no país. Os passageiros com testes negativos poderão entrar no território nicaraguense sem problemas. Além disso, eles receberão acompanhamento telefônico durante 14 dias pelo pessoal de saúde do país.
Para passageiros da Ásia, África e Oceania, o teste de PCR deve ser realizado em um período máximo de 96 horas, antes da entrada no país.

A Costa Rica determinou que durante a etapa de reabertura escalonada receberá turistas do Reino Unido, União Européia, Canadá, Uruguai e Ásia. Alguns dos requisitos para entrar no país são o preenchimento de um formulário epidemiológico digital disponível nas páginas oficiais do país https://salud.go.cr/; Ter um teste de RT-PCR negativo, feito no máximo 72 horas antes da viagem.
Passageiros dos Estados Unidos com permissão de entrada em 1º de setembro devem comprovar por meio de documento de identificação estadual (carteira de habilitação ou identidade estadual) que residem em um dos 12 estados autorizados a entrar.
Além disso, deverão ter seguro médico para viagens internacionais ou adquirido na Costa Rica, que cobre acomodação em caso de quarentena e despesas médicas por doença aguda. Uma vez em território costarriquenho, os visitantes deverão usar proteção facial e cumprir o rígido protocolo implementado nos aeroportos.

Dentre as medidas sanitárias que o Panamá implementará durante a abertura de seus voos comerciais, será necessária a apresentação de um teste de swab / PCR, ou antígenos negativos, com no máximo 96 horas, antes do embarque no voo de origem.
De acordo com a Autoridade de Aviação Civil do Panamá (AAC), os passageiros devem assinar uma declaração juramentada na qual se comprometem a: cumprir as disposições e protocolos sanitários que o governo do país possui, por meio do Ministério da Saúde; e o uso de um aplicativo móvel para monitoramento adequado de passageiros.

O Ministério do Turismo da República Dominicana, estabeleceu que a partir de 15 de setembro será executado o "Plano de Recuperação do Turismo Responsável", no qual foi determinada a eliminação total da obrigatoriedade de exames de algum tipo para o ingresso de viajantes para o país. No entanto, testes rápidos aleatórios serão realizados dentro do aeroporto.
A República Dominicana terá um plano temporário de assistência em viagens para turistas que visitam um hotel, que vigorará até dezembro deste ano. Será totalmente gratuito com cobertura para emergências, incluindo testes para Covid-19 e cobertura de custos para estadias prolongadas.

visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...