Segundo Booking, a recuperação ocorrerá de maneira desigual em diferentes mercados

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
https://po.travel2latam.com/nota/60886-segundo-booking-a-recuperao-ocorrera-de-maneira-desigual-em-diferentes-mercados
Segundo Booking, a recuperação ocorrerá de maneira desigual em diferentes mercados
Luiz Cegato, Booking
Qui 18 de junho de 2020

Isso foi afirmado em entrevista exclusiva por seu Gerente de Comunicação para a América Latina Luiz Cegato

 


Numa época em que o turismo começa a reviver em vários países das Américas, consultamos a Booking para descobrir seus eventos atuais e ter uma visão do futuro mediado. Abaixo, compartilhamos as respostas de Luiz Cegato, gerente de comunicação da América Latina na OTA.

Quais foram os efeitos da crise da saúde nas reservas?
O impacto da pandemia na indústria de viagens é realmente significativo. Embora a crise termine e as pessoas voltem gradualmente a viajar, levará tempo para os níveis de viagem pré-COVID se recuperarem.
Também sabemos que a recuperação ocorrerá de maneira desigual nos diferentes mercados, dependendo das políticas de cada governo. Com países em diferentes estágios da pandemia, é difícil prever exatamente onde e quando a viagem retornará, mas acreditamos que quando as restrições de viagem começarem a ser liberadas, as pessoas escolherão inicialmente ficar mais perto de casa e começar para fazer viagens para destinos domésticos. Novos dados da Booking.com revelaram que, globalmente, em março e abril de 2020, os destinos domésticos representavam 51% dos agregados nas listas de desejos feitas pelos viajantes em nossa plataforma, enquanto esse número em 2019 era 33%.

Quais iniciativas você está implementando para mitigar esses efeitos?
No nível da acomodação, políticas flexíveis se tornam ainda mais importantes à medida que os viajantes começam a explorar as opções de viagem. Acreditamos que será importante que os fornecedores de acomodações adotem políticas flexíveis de cancelamento, por exemplo, e comuniquem claramente aos hóspedes para ajudá-los a se sentirem confortáveis ​​em fazer reservas. Além disso, a partir da Booking.com, continuamos a trabalhar com nossos parceiros para que eles possam fornecer maior transparência em torno das informações de limpeza e higiene de suas acomodações, mostrando as medidas adotadas nos anúncios de suas propriedades em nosso site e aplicativo, a fim de fornecer Tranquilidade adicional para futuros hóspedes.

Qual a sua visão sobre os mercados latino-americanos entre agora e o final do ano?
Houve um crescimento no desejo dos argentinos de viajar localmente. Esses desejos cresceram em relação a 2019. No ano passado, 30% dos argentinos queriam visitar destinos locais e 70% queriam hospitalizações. Enquanto este ano os valores dos desejos argentinos começaram a mudar e, dentro de suas listas de desejos de viagem, os destinos locais representam 45% e os internacionais 55%.
Se o compararmos com outros países da região, os argentinos são os únicos que pensam mais internacionalmente do que localmente quando expressam seus desejos de viagem. Enquanto os brasileiros se destacam por sua forte predileção por querer viajar para destinos domésticos (82%), seguidos por mexicanos (76%) e colombianos (69%).

visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...