Panama Black Weekend supera as vendas do ano passado em 20%

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
https://po.travel2latam.com/nota/76829-panama-black-weekend-supera-as-vendas-do-ano-passado-em-20
Panama Black Weekend supera as vendas do ano passado em 20%
Source: Twitter @ATP_panama
26 de setembro de 2022

Em conferência de imprensa, as autoridades informaram que a iniciativa que decorreu de 14 a 18 de setembro encerrou com operações na ordem dos 84 milhões de dólares, marcando um aumento de 20% face a 2021


Nadkyi Duque, presidente da Associação de Centros Comerciais do Panamá (APACECOM) disse que: "hoje temos uma recuperação de 77% em relação a 2019. No interior do país a recuperação foi da ordem de 20% a 25% muito semelhantes aos relatados na Cidade do Panamá.

Ele indicou que a meta é superar os números de 2019, que registrou vendas de cerca de US$ 109 milhões.

Os itens que mais venderam foram: eletrodomésticos (geladeiras, fogões, televisores), tecnologia, marcas, equipamentos esportivos, calçados e moda.

Duque explicou que essas vendas são aquelas geradas nos 17 shopping centers membros da APACECOM e até mesmo em lojas fora do shopping em vários pontos do país que aderiram a esta iniciativa. O PBW também deixou um impacto econômico em companhias aéreas, hotéis, restaurantes, transporte, entre outros.

“Estamos no caminho certo como havíamos previsto, estamos entrando no melhor momento da movimentação comercial, que é o último trimestre do ano e Deus em primeiro lugar, se mantivermos esse ritmo de crescimento e recuperação, atingiremos ou superaremos o números de 2019”, comentou.

O PBW é realizado no Panamá desde 2017 com o objetivo principal de promover o país como destino de compras e tem sido um evento que se caracterizou por impulsionar a economia, depois de vir de uma pandemia da qual ainda não foi possível 100% das vendas em relação a 2019.

No entanto, houve um crescimento que ajudou a recuperar as grandes perdas sofridas após sete meses de fechamento e as recentes greves e manifestações nas avenidas do país que geraram perdas consideráveis, disse Duque.

Por sua vez, o administrador da ATP, Ivàn Eskildsen, afirmou que para a semana de descontos da PBW foi informada a entrada de 2.490 visitantes, vindos da Colômbia, Equador, Peru, Uruguai, Brasil, Argentina, Cuba, República. Dominicana, Costa Rica, Salvador, Guatemala e Nicarágua. "A reativação económica do país continua a acelerar, e é nisso que aposta o Governo Nacional."

Segundo dados oficiais da Controladoria, entraram em junho 860 mil visitantes, o que representa quatro vezes o número de visitantes recebidos em 2021 para o mesmo período. “Tudo aponta para o facto de antes do final de 2022 já atingirmos os níveis mensais de visitantes de 2019”, assegurou Eskildsen.

Por sua vez, Ernesto Orillac, ex-presidente da CAMTUR, indicou que os resultados do PBW mostram que o Panamá continua se posicionando como destino de compras. “O mais importante é que não só as empresas se beneficiem, mas também restaurantes, agências de viagens, prestadores de serviços, entre outros, que ano após ano aderem a esta atividade”.

O sucesso do PBW foi possível graças às boas ofertas e promoções, ao ATP que apoiou a promoção local e internacional, à Câmara Nacional de Turismo e seus diferentes membros, APATEL, estabelecimentos de segurança, mídia, companhias aéreas Copa, Avianca, Tica Bus e o público em geral que preservaram a ordem e as medidas de biossegurança.

visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...