Itália acolhe a 6ª Conferência Mundial sobre Enoturismo

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
https://po.travel2latam.com/nota/76551-italia-acolhe-a-6-conferncia-mundial-sobre-enoturismo
Itália acolhe a 6ª Conferência Mundial sobre Enoturismo
Source: UNWTO
14 de setembro de 2022

O evento acontecerá de 19 a 21 de setembro de 2022 em Alba, na região de Piemonte


A OMT e o Governo da Itália sediarão a 6ª Conferência Mundial sobre Enoturismo.

Sob o lema "O que vem a seguir? Enoturismo combina com Inovação" e, com base no sucesso das últimas cinco edições, esta 6ª edição acontecerá de 19 a 21 de setembro de 2022, em Alba, na região do Piemonte, no coração da 'Paisagem dos vinhedos do Piemonte: Langhe-Roero e Monferrato', um Patrimônio Mundial reconhecido pela UNESCO.

Com mais de 30 oradores internacionais, a Conferência incidirá sobre o papel da inovação no futuro do enoturismo, como o enoturismo pode ser mais sustentável e quais as oportunidades digitais e sociais para melhorar a cadeia de valor do enoturismo e criar benefícios.

O secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili, diz: “À medida que a recuperação do setor está em andamento, tenho certeza de que a conferência representará uma oportunidade única de aprender com as experiências enfrentadas nesses tempos difíceis para garantir um setor de enoturismo bem-sucedido e resiliente. no futuro".

Massimo Garavaglia Ministro do Turismo italiano: “O enoturismo é muito mais do que apenas vender vinho, o que é claramente importante. Quando você vende uma garrafa de vinho, está vendendo o território por trás dessa garrafa, a cultura desse território, a história dos homens que desenharam essas paisagens com as fileiras de videiras”.

À medida que a recuperação do setor avança, estou confiante de que a conferência representará uma oportunidade única de aprender com as experiências vividas nestes tempos difíceis para garantir um setor de enoturismo bem-sucedido e resiliente no futuro.

“O turismo vitivinícola tem uma componente de sustentabilidade ambiental. É uma componente do turismo lento, em parte diferente do turismo tradicional. E não é por acaso que 90 por cento dos turistas têm uma experiência gastronómica e vínica durante a sua visita”.

“Por essas razões, a Conferência da UNWTO Alba é, sem dúvida, um grande evento para a região do Piemonte. Mas é também para todas as regiões italianas, porque oferece uma vitrine internacional para todo o território italiano”.

“O vinho é um motor da imagem da Itália em todo o mundo e uma atração turística cada vez mais popular para os visitantes, graças à forma como se mistura com a cultura, a arte e a história características do nosso país. Nas circunstâncias incertas de hoje, é de vital importância reforçar a capacidade do setor para se manter competitivo, pelo que o evento Alba será uma oportunidade chave para o mundo do vinho refletir sobre as perspetivas e desafios do enoturismo”, afirmou o ENIT. Diretora Geral Roberta Garibaldi.

A Conselheira de Turismo da Região do Piemonte, Vittoria Poggio, diz: “Estamos honrados em receber este importante evento, cujo trabalho será precedido e acompanhado por um rico programa de eventos relacionados ao vinho em todo o Piemonte. Será um momento de prestígio para dar a conhecer ao mundo a excelência do vinho e do turismo na nossa região, debater novos temas e oportunidades para o setor”.

Mariano Rabino, presidente do Ente Turismo Langhe Monferrato Roero, diz: “Estamos orgulhosos que a região de Langhe Monferrato Roero tenha sido escolhida para sediar a 6ª Conferência Mundial da OMT sobre Enoturismo. Pela primeira vez, esta Conferência será realizada na Itália e centenas de delegados e representantes institucionais virão à nossa região para participar do evento. Eles não só terão a oportunidade de discutir os principais temas do enoturismo, mas também terão a oportunidade de descobrir as belezas e singularidades das nossas colinas. Nossa região é pioneira no mundo do enoturismo e uma das primeiras na Itália e no mundo a interpretar as demandas de um mercado turístico em constante crescimento. O desafio hoje é continuar nesse caminho, mantendo a bússola orientada para o desenvolvimento que busca inovação, diversificação e proteção do meio ambiente.

Durante os dois dias desta edição, 300 profissionais do setor, grandes especialistas e representantes institucionais se beneficiarão de debates ao vivo, palestras e workshops que palestrantes experientes trarão a Alba.

Entre eles, David Furer, Wine Business Communications e Harpers, Escritor; Wine Future e Green Wine Future, Diretor de Programa; Carlo Petrini, fundador do Slow Food; Tanisha Townsend, Diretora de Vinhos, Girl Meets Glass; Chef Pilar Rodríguez do Food & Wine Studio e Embaixador do Turismo Gastronômico da OMT, Mauro Agnoletti, Cátedra UNESCO, Instituto Superior de Paisagens do Patrimônio Agropecuário Universidade de Florença, Marta Domènech Tomas, Diretor Geral de Turismo da Catalunha, Espanha, Martin Hawke , Diretora Global de Produto da WINERIST, Pamela Lanier, Fundadora do Observatório de Turismo Sustentável de Sonoma, Roberta Garibaldi, CEO do Conselho Nacional de Turismo Italiano (ENIT), Niklas Ridoff, CEO da WineTourism.com, David Mora, Fundador da Escola de Turismo do Vinho, Filippo Polidori, Food GURU e CEO da Polidori and Partners, Jana Kreilein, Fundadora da. wine.girl, Julia Zuccardi de Bodegas Zuccardi, Sofía Ruiz Cavanagh, CEO da Wineobs, Martin Lhuillier, Head of Wine Tourism atout France, o Posto de Turismo Nacional da França, Luca Balbiano, Presidente da Associação de Vinhedos Urbanos na Itália, António Pé - Curto , CEO & Fundador da Alle Wine e Santiago Vivanco, Vice Presidente e Diretor Geral da Fundación Vivanco.

A Conferência também inclui um Painel de Alto Nível sobre o Futuro do Enoturismo , onde o Ministro do Turismo da Bulgária , o Ministro da Economia e Desenvolvimento Sustentável da Geórgia , o Vice - Ministro do Turismo da Geórgia discutirão as políticas necessárias para promover o enoturismo . Grécia, o Ministro do Turismo de Itália, o Ministro da Cultura da Moldávia, o Secretário de Estado do Turismo, Comércio e Serviços de Portugal, o Ministro do Turismo, Correios, Cooperação e Exposições de São Marinho e o Ministro do Comércio, Turismo e Telecomunicações Sérvias.

Desde 2016, a Conferência vem destacando a importância do enoturismo para o desenvolvimento socioeconômico dos destinos e tem servido como plataforma para troca de experiências, identificação de boas práticas e promoção do enoturismo como ferramenta para o desenvolvimento sustentável.

visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...