Exportação de moeda estrangeira da Colômbia para turismo supera valores pré-pandemia

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
https://po.travel2latam.com/nota/76436-exportao-de-moeda-estrangeira-da-colmbia-para-turismo-supera-valores-pre-pandemia
Exportação de moeda estrangeira da Colômbia para turismo supera valores pré-pandemia
Source: Twitter @BOG_ELDORADO
08 de setembro de 2022

No primeiro semestre atingiram um faturamento de US$ 3.208 milhões, o que significa um crescimento de 1% em relação ao mesmo período de 2019


A temporada de meio de ano mostrou uma importante reativação do turismo receptivo na Colômbia, o que por sua vez permitiu visualizar o aumento dos registros referentes às contribuições econômicas geradas pelos visitantes não residentes no país. As divisas do turismo são apontadas como o elemento mais relevante para a exportação de serviços nesta atividade, que em várias ocasiões ultrapassou parte da exportação de bens tradicionais como café, carvão, banana, ferroníquel, entre outros.

A pesar de la crisis económica que se presenta en algunos países y la devaluación del peso colombiano frente al dólar, el turismo receptivo, conformado por los visitantes extranjeros, colombianos residentes en el exterior y pasajeros en cruceros internacionales, presentó importantes mejoras en el segundo trimestre do ano. Segundo dados do Banco de la República, a ANATO calcula que as exportações para viagens e transporte aéreo de passageiros foram de USD 1.641 milhões, o que significa um crescimento de 16% em relação ao mesmo período de 2019.

“Os esforços dos empresários da cadeia do turismo, das Agências de Viagens especializadas em turismo receptivo e das Operadoras de Turismo, fazem parte da conquista de atrair esses estrangeiros ao país, por meio da participação em feiras internacionais, espaços de marketing e promoção da promoção da Colômbia fora do país. Nosso país deve continuar trabalhando com o Governo Nacional, sobretudo, no que diz respeito à busca da paz e da segurança, questões fundamentais para encontrar alternativas produtivas que compensem a diminuição dos recursos minerais e energéticos, sendo o turismo o substituto ideal", afirmou. Paula Cortés Calle, presidente executiva da ANATO.

A ANATO, com base em dados do Banco da República, calcula que, para o primeiro semestre do ano, as viagens e transporte aéreo foram de USD 3.208 milhões, o que significa um crescimento de 1% face ao mesmo período de 2019, o que nos permite ultrapassar os valores pré-pandemia, podendo-se estimar que no final do ano teremos um crescimento entre 6% e 10%.

Desta forma, a Associação calcula que a despesa média per capita dos visitantes não residentes durante o primeiro semestre do ano foi de USD 1.617, superando em 8% os USD 1.498 registados no mesmo período de 2019.

“Ao atingir estes números positivos, já não estamos a falar de reativação, mas sim de crescimento, o que representa a importância da chegada de visitantes não residentes ao nosso país, pois é um fator relevante não só para o setor do turismo, mas para a economia colombiana. É fundamental continuar trabalhando em aspectos como segurança, formalidade, conectividade, apoio às empresas, entre outros, que permitam atrair novos turistas internacionais com boa média de gastos”. concluiu o dirigente sindical.

visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...