A malha aérea internacional brasileira supera os níveis de 2020

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
https://po.travel2latam.com/nota/75760-a-malha-aerea-internacional-brasileira-supera-os-niveis-de-2020
A malha aérea internacional brasileira supera os níveis de 2020
Source: Embratur
03 de agosto de 2022

"Temos trabalhado muito para promover o Brasil em mercados estratégicos e temos realizado reuniões com as companhias aéreas para aumentar nossa conectividade" disse o presidente da Embratur Silvio Nascimento


A malha aérea internacional no Brasil continuou se recuperando em julho de 2022, operando novamente acima de 70% dos números alcançados em 2019. Os 3.751 voos registrados no último mês equivalem a 72,33% da capacidade de julho de 2019 e já superam todos os 2020, quando 22.353 voos chegaram ao país.

“Temos trabalhado muito para promover o Brasil em mercados estratégicos e temos realizado reuniões com companhias aéreas para aumentar nossa conectividade. E, mesmo diante das dificuldades com preços de passagens e greves na Europa, conseguir manter o cenário de recuperação mostra que estamos no caminho certo”, afirma o presidente da Embratur, Silvio Nascimento.

Em junho, a malha aérea internacional brasileira registrou 3.806 desembarques, o equivalente a mais de 76% da capacidade registrada em 2019 e um aumento de 7,29% na conectividade em relação a maio.

O mês de julho registrou uma pequena queda de 1,44% em relação a junho, mas ainda correspondeu a um aumento de 260,43% na conectividade internacional em relação ao mesmo mês de 2021. A conectividade também está abaixo da apresentada em 2019, ano passado antes das restrições impostas pelo Covid-19. Naquele ano, o Brasil recebeu 35.587 voos nos primeiros sete meses.

Segundo o gerente de Inteligência Competitiva e Marketing para o Turismo (GICMT), Fernando Paranhos, o cenário de maior conectividade deve continuar. “De acordo com nossas investigações com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e as companhias aéreas, 89 novos voos e 44 frequências adicionais estão previstos para fevereiro do próximo ano”, diz.

visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...