Turismo responsável e gastronômico os grandes protagonistas da Travel Pop Up Yucatán

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
https://po.travel2latam.com/nota/74319-turismo-responsavel-e-gastronmico-os-grandes-protagonistas-da-travel-pop-up-yucatan
Turismo responsável e gastronômico os grandes protagonistas da Travel Pop Up Yucatán
Source: SEFOTUR
17 de maio de 2022

Promotores de viagens concordam em apostar na responsabilidade enquanto promotores e prescritores não só de destinos, mas também de comportamentos sustentáveis


No último fim de semana, Yucatan sediou a 3ª edição do Travel Pop Up, um encontro de reflexão sobre a criação de conteúdo turístico de forma inovadora e sustentável, projeto referido com origem na Espanha e a criatividade de Diana Rodríguez Oliveros, escolheu o Estado de Yucatán como sede desta edição porque a Secretaria de Desenvolvimento do Turismo (Sefotur) em conjunto com outros órgãos estaduais tem trabalhado para focar seus objetivos na sustentabilidade e sustentabilidade, cuidando dos ecossistemas, buscando que seus produtos ou serviços beneficiem as comunidades, respeitando sua história e tradições.

Este evento, mais uma vez, posiciona o destino como um dos melhores do México para a realização de eventos de grande importância internacional, como foi a Cúpula dos ganhadores do Prêmio Nobel da Paz e a Cidade do México Tianguis nos últimos anos. 
 
A partir do Grande Museu do Mundo Maia na capital paulista e com a participação da chefe da Sefotur, Michelle Fridman Hirsch como moderadora, as atividades do Travel Pop Up começaram com o painel de discussão “Gastronomia como motor do desenvolvimento do turismo” onde grandes expoentes da gastronomia iucatecana como Rosalía Chay Chuc, cozinheira tradicional da comunidade Yaxunah e os chefs Regina Escalante do restaurante Merci e Vidal Elías de Micaela Mar y Leña, falaram sobre suas experiências sobre o que é o turismo gastronômico e os benefícios que proporciona ao cadeia de valor em que dependem. 

Concordando que os ingredientes, a preparação e as tradições iucatecanas da cultura maia são, sem dúvida, a base de todas as experiências gastronômicas que distinguem este Estado, destacando que a busca por sabores fez de Yucatán uma atração natural para os turistas. "O turista gastronômico não consome apenas um produto: ele consome uma história", disse Fridman Hirsch. 

Da mesma forma, o chefe da Sefotur destacou que os 4 elementos que fazem de Yucatán o destino ideal para a prática do gastroturismo são sua herança milenar, seus ingredientes endêmicos de qualidade, a técnica e o talento de quem executa a gastronomia e sua oferta turística e culinária. 

Recordemos que 2022 foi designado como o Ano da Gastronomia Yucatán e para complementar esta estratégia, está a ser realizada neste momento a concentração de experiências que vão compor a campanha 365 sabores de Yucatán, que terá início no dia 18 de junho, no Dia Internacional Dia da Gastronomia Sustentável.  

Um dos dados a destacar é que o turismo gastronômico faz parte de uma busca e avaliação da verdadeira identidade de cada região, com 88,2% dos entrevistados pela Organização Mundial do Turismo (OMT) considerando que a gastronomia faz parte da essência do destino marca.
 
Dando continuidade às atividades deste encontro, foi apresentado Vicente Ferreyra, especialista em turismo sustentável, amplamente reconhecido no México e na América Latina por ser o fundador da Sustentur, empresa social que aconselha o setor turístico a ser economicamente justo, ambientalmente responsável e , sobretudo socialmente inclusiva, quem apresentou a conferência "Regenerar através do turismo, tendência ou necessidade?".

Durante a sua participação, destacou que o que leva atualmente a considerar o turismo como regenerativo ou sustentável ou sustentável e socialmente responsável, é a necessidade de fazer um rótulo turístico, de o demonstrar – vemos o turismo mais como um meio do que como um fim. A indústria do turismo precisa trabalhar em um turismo que atenda, desde destinos, empresas e prestadores de serviços e tem que servir para identificar qual o seu papel no planeta, aplicando novos modelos de fazer turismo e como o turismo pode servir para regenerar o turismo. 

Ferreyra acrescentou que estamos atualmente em uma crise ambiental global e há muitos impactos ambientais que podem ser regenerados através do turismo, entre os quais ele citou a restauração de ecossistemas, reflorestamento e a realização de processos que permitem uma pequena reversão dos danos causados.

Durante o segundo dia de atividades, Ana Hernández, criadora do canal de viagens do Youtube 'Azul Místico', apresentou o paper "Sua marca pessoal: seus valores", enfatizando a importância de ser responsável, fiel a si mesmo e ao seu propósito na hora de escolher qual marcas para rentabilizar e estabelecer uma relação de negócio.
 
Da mesma forma, o ex-mergulhador olímpico e iucatecano, Rommel Pacheco, juntamente com sua esposa, a criadora de conteúdo Lylo Fa, deram uma conferência especial chamada "Turismo esportivo cada vez mais sustentável e inclusivo", onde expuseram a importância das competições esportivas como reivindicação para o turismo . 

"O turismo desportivo pode e tem um impacto muito positivo na economia dos destinos, um bom exemplo disso é que se torna um gerador de emprego." - Pacheco destacou que a fotografia é um elemento essencial para a promoção turística de qualquer destino . porque, no âmbito das atividades Travel Pop Up, participaram reconhecidos fotógrafos estatais, que seduziram os viajantes através das suas imagens. 

Moderado pelo Subsecretário de Promoção e Inteligência de Mercado da Sefotur Yucatán, Mtro. Miguel Andrés Hernández, Nelly Quijano, fotógrafo subaquático nos cenotes de Yucatán; Mike Díaz, fotógrafo de natureza, e fotógrafos de viagens Gustavo Moguel e Oliver Vegas, propuseram o painel "A fotografia nas redes sociais, um componente chave na promoção do turismo responsável".

Ao longo deste painel, os especialistas concluíram que tirar fotografias que atingem milhões de pessoas e gerar conteúdo torna-os não só promotores do turismo, mas também responsáveis ​​pela criação de uma memória coletiva, que exige paixão, gestão de fluxos e da geração de um eco -cultura responsável, regeneradora, que não ameace o patrimônio natural ou histórico dos destinos visitados. Centrando grande parte do debate na responsabilidade que têm de captar com as suas câmaras a situação crítica que o Planeta atravessa para o dar a conhecer. No entanto, eles também queriam ressaltar que para fazer esse trabalho de forma ainda mais eficaz, seria essencial profissionalizar o marketing de influenciadores. 
 
Durante o divertido "cara a cara" entre os tiktokers espanhóis @GemelosViajeros e o mexicano Fredy Vizcaino do @Vive.México, eles abriram espaço para falar sobre responsabilidade na geração de conteúdo, com o mexicano Fredy Vizcaino que enfatizou a importância de definir um propósito ao comunicando através das redes sociais, destacando que para ele o objetivo é dar a conhecer todos os benefícios do México como destino turístico, bem como dar voz aos compatriotas que precisam.

Por sua vez, Ana Rellán e Albert Roma, do Zapatillas por el Mundo, durante a apresentação "Conteúdos vs Curtidas", destacaram que a abertura, a sinceridade e a fidelidade ao próprio estilo é uma de suas marcas, que os tornaram referência na hora de buscar inspiração e informação na hora de organizar uma viagem, sendo um exemplo claro de que você pode criar conteúdo de viagem de forma profissional e independente sem abrir mão de seus valores. 

Por sua vez, Erik Moreno e Daniel Vergel, do canal do YouTube 'A couple of trips', queriam destacar a importância das viagens com propósito. Esses dois colombianos construíram uma grande comunidade interessada em acompanhar suas viagens voluntárias ao redor do mundo que realizam graças à Worldpackers, que tem projetos sociais e de ecoturismo que "tocam seus corações".
 
Por fim, o youtuber mexicano Alan Estrada foi o responsável por fechar a primeira edição internacional do Travel Pop Up Yucatán com sua apresentação "O poder da viagem" e a empresa declarou que o equilíbrio perfeito deve ser encontrado entre a viagem e a sustentabilidade.

"O turismo nos faz sentir orgulhosos do nosso lugar de origem", disse Alan Estrada diante de uma platéia dedicada que aplaudiu cada uma das 10 lições de vida que, segundo ele, aprendeu viajando. Uma atrás da outra, a youtuber foi desfazendo citações que deixavam claro o poder de sair para descobrir o mundo e como "viajar tem aquela mágica maravilhosa de estar ciente do 'aqui e agora'".
Claro que os viajantes profissionais e geradores de conteúdo estão cientes do impacto que causam através de suas redes sociais e canais de comunicação, gerando conteúdo de qualidade e fazendo turismo responsável.  

visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...