Uruguai planeja próxima temporada turística

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
https://po.travel2latam.com/nota/69767-uruguai-planeja-proxima-temporada-turistica
Uruguai planeja próxima temporada turística
Source: gub.uy
30 de agosto de 2021

O Diretor Nacional de Turismo apresentou a agenda de eventos e campanha publicitária da agência


O Diretor Nacional de Turismo, Roque Baudean, se reuniu com diversos diretores de turismo e da Câmara Uruguaia de Turismo para marcar o que será o trabalho entre o Ministério do Turismo e a iniciativa privada, com o objetivo de envolver todos os interessados ​​e tomar decisões, alguns que correspondem à função pública e outras que interessam ao sector privado

O encontro decorreu em Maldonado, onde Baudean disse ter apresentado a agenda de eventos, nos quais vai participar o Ministério do Turismo e também o que vai ser o campanha publicitária da agência.

Baudean também se referiu às ferramentas que o Ministério do Turismo disponibiliza para uma melhor comercialização da oferta turística uruguaia e expressou que recolheu algumas recomendações para diferentes ações que considera "extremamente interessantes".

Por sua vez, em reuniões agendadas ao nível das direcções departamentais de turismo, como no próximo dia 30 de Setembro, realizam-se acções a diferentes pessoas ou produtos turísticos, que depois serão desenvolvidos na região de acordo com o comportamento do turista a nível internacional.

Para a próxima temporada de verão, Baudean prevê que o turismo doméstico continuará predominando e que teremos um movimento turístico regional.

Entendemos que teremos um movimento regional e que o turismo interno continuará a ter um papel de destaque, pelo menos neste verão que se aproxima.

Em relação ao novo Ministro do Turismo, Tabaré Viera, Baudean disse que “é uma pessoa que sabe trabalhar muito bem em equipa, o que tem demonstrado nos seus diferentes esforços e que tem uma carreira muito longa”.

A ideia da Viera é o trabalho em equipe entre as diferentes hierarquias do Ministério do Turismo e todos os seus quadros e colocar toda a equipe de técnicos para trabalhar no território, especialmente planejando e atingindo todos os territórios. "Estamos seguindo essa linha, estamos felizes", disse Baudean.

Em relação ao planejamento do trabalho com a iniciativa privada, Baudean disse que cabe a ele tomar decisões em relação a esse planejamento. “O setor privado deve seguir o mesmo fio condutor e não separadamente do setor público”, disse Baudean.

Sobre o movimento de transporte internacional, Baudean disse que seus números não serão os mesmos de janeiro de 2020, até alguns anos a partir de agora, "não importa o quanto queiramos e quanto tivermos vontade de receber muitos extrarregionais. pessoas ", Held.

Baudean destacou que, para o Poder Executivo, o que vem primeiro é a saúde dos uruguaios, e o desejo do Diretor Nacional em nível regional é que a vacinação nos países vizinhos seja mais ágil.

Ele lembrou que o roteiro é abrir as fronteiras a partir de 1º de setembro aos proprietários que são vacinados e a partir de 1º de novembro aos turistas em geral vacinados.

Nesse sentido, Baudean expressou cautela no planejamento de acordo com as condições econômicas e de saúde da região. Ele prefere planejar com situações razoáveis ​​que podem acontecer e não com especulações.

Sobre a próxima temporada de cruzeiros, Baudean disse que é um assunto que o subsecretário Remo Monzeglio trata por meio de reuniões com diferentes empresas internacionais de cruzeiros. “O cronograma de solicitações de desembarque tem sido muito importante, em grande quantidade tanto para Montevidéu quanto para Punta del Este”, disse.

Nesse sentido, Baudean lembrou que a decisão de que haja uma temporada de cruzeiros não depende apenas do Uruguai, ela se define por um circuito composto também pela Argentina e pelo Brasil, entre os setores público e privado. A Administração Nacional dos Portos (ANP) e o Ministério do Turismo trabalham para o Uruguai.

No que se refere à participação do Uruguai na Feira Internacional de Turismo (FIT), Baudean confirmou a presença de nosso país no referido evento, com o objetivo de poder causar o melhor impacto do Uruguai, já que a participação não será em um evento convencional forma, em vez disso, terá uma série de protocolos. “Devemos chamar a atenção não só do público profissional, mas também do público em geral que irá visitar a feira”, disse Baudean.

Por fim, sobre o apoio aos operadores, Baudean frisou que existia um pacote de medidas que ajudaram a que a pandemia passasse melhor. Baudean também não esqueceu as operadoras que fecharam e permaneceram na estrada. E referiu-se especialmente às agências de viagens, a quem referiu "como o sector que mais sofreu".

Baudean destacou a importância dos agentes de viagens em relação à conectividade de nosso país, “porque as rotas aéreas são rotas de ida e volta”, disse o chefe. Nesse sentido, ele expressou que o país precisa de rotas aéreas fortes, com turistas indo de um lado para o outro.

Sem conectividade aérea é muito difícil atrair o público extrarregional de uma forma interessante. Quantas mais companhias aéreas o Uruguai puder ter acesso, será melhor para o nosso turismo. Não há desenvolvimento do turismo sem desenvolvimento do transporte, concluiu Baudean.

visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...