Governo dominicano concorda com importante investimento na cidade colonial de Santo Domingo

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
https://po.travel2latam.com/nota/69728-governo-dominicano-concorda-com-importante-investimento-na-cidade-colonial-de-santo-domingo
Governo dominicano concorda com importante investimento na cidade colonial de Santo Domingo
Source: MINTUR
26 de agosto de 2021

O Presidente assinou acordo interinstitucional para a execução do Programa Integral de Turismo e Desenvolvimento Urbano


O Presidente Luis Abinader e o Ministro do Turismo, David Collado, lideraram a assinatura de um convênio entre o MITUR e mais seis instituições do Estado e da iniciativa privada para a execução do Programa Integral de Turismo e Desenvolvimento Urbano da Cidade Colonial de Santo Domingo, com investimento de 90 milhões de dólares, por meio de financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). [Ministro do Turismo, David Collado - Assinatura do Acordo Interinstitucional para Execução do Programa Integral de Desenvolvimento do Turismo Urbano da Cidade Colonial]

Entre as principais instituições que firmaram o convênio com o MITUR estão a Câmara Municipal do Distrito Nacional, Ministério da Cultura, por meio da Diretoria de Patrimônio Monumental, EDEESTE, Corporação Aqueduto e Esgoto de Santo Domingo (CAASD), INDOTEL, INTRANT e prestadores de serviços de telecomunicações; que endossou seu compromisso de participar e colaborar nos processos de implantação dos projetos do programa de revitalização da Cidade Colonial.  

A assinatura do acordo, liderada pela presidente Abinader e pelo ministro Collado, aconteceu nesta quarta-feira no simbólico Parque Colón da Cidade Colonial. [Presidente da República, Luis Abinader - Assinatura do convênio interinstitucional para a execução do Programa de Desenvolvimento do Turismo Urbano Integral Cidade Colonial 2]

O Presidente da República Luis Abinader afirmou que “nossa Cidade Colonial representa uma vantagem em termos de desenvolvimento em relação a toda a região”. 

Ele lembrou que “sempre disse que nosso país tem as melhores condições para ser um líder mundial no turismo e uma referência de cultura e cidadania”. Ele também agradeceu a Igreja, o Gabinete do Prefeito, o Conselho de Curadores, as associações de bairro e todos os setores que se juntaram ao Governo com o mesmo objetivo. 

No âmbito do referido Acordo, o Ministro do Turismo, David Collado anunciou o início dos projectos de licitação de um conjunto de obras que incluem a reabilitação e recuperação de cinco quilómetros de via, entre passeios, drenagem pluvial e cabos subterrâneos, para além do intervenção de 148 casas nos bairros que compõem a área. Além disso, a recuperação de quatro museus do Centro Histórico, bem como o mercado da Avenida Mella, que vai de par com a Câmara Municipal do Distrito Nacional. 

Informou também que com recursos do Governo Central intervirão o Parque Colón e a Calle El Conde. [Ministro do Turismo, David Collado - Assinatura do Acordo Interinstitucional para Execução do Programa Integral de Desenvolvimento do Turismo Urbano da Cidade Colonial]

Collado, depois de afirmar que "chegou a hora" da Cidade Colonial de Santo Domingo, também anunciou que foi aprovado pelo BID que os conselhos de bairro que compõem toda a Cidade Colonial serão tuteladores do Projeto, como forma de de garantir a transparência nas diferentes fases do mesmo. 

Miguel Coronado Hunter, representante do BID na República Dominicana, afirmou que este acordo é de extrema importância, pois coloca todos em um objetivo comum, que é conseguir que as obras visem a recuperação de ruas e espaços públicos. 

Coronado anunciou que além dos 90 milhões de dólares, com o apoio da Comunidade Económica Europeia, foi destinada uma doação de três milhões de euros para a recuperação das fachadas e serviços básicos das casas.   

Indicou que para o BID a implementação da eletromobilidade é de extrema importância para fazer da Cidade Colonial um modelo onde se possa sentir a transição para novos combustíveis com menos poluentes para desfrutar de uma cidade com perspectiva de futuro.  

O Ministério do Turismo é o Órgão Executor do Programa, atuando por meio da Unidade Coordenadora do Programa (UCP) e em coordenação com a DNA e o Ministério da Cultura. 

O principal objetivo do Programa é revitalizar a Cidade Colonial de Santo Domingo em seus aspectos de turismo urbano, econômico e cultural, por meio da recuperação de espaços públicos e monumentos históricos; a melhoria das condições de vida dos moradores; o desenvolvimento das economias locais; e o fortalecimento da gestão da área.  

O programa vai beneficiar moradores e comerciantes da Cidade Colonial, além de turistas nacionais e estrangeiros que visitam a região.  

Para atingir estes objetivos, o programa estabelece quatro componentes: Consolidação da oferta de turismo cultural; Melhoria das condições de habitabilidade dos moradores da Cidade Colonial; Desenvolvimento da economia local da área e fortalecimento da gestão turística, cultural e urbana.  

Como uma das principais condições precedentes à utilização de financiamento para a consolidação da oferta de turismo cultural, estabelece-se que a Agência Executora tenha celebrado acordos de coordenação interinstitucional com as entidades responsáveis ​​pelos serviços públicos, água e esgotos, energia e telecomunicações para estabelecer as obrigações de cada parte na execução do programa, incluindo a responsabilidade dessas entidades na concepção, fiscalização, recepção e manutenção das obras.  

No quadro do cumprimento desta condição contratual, foi coordenada a assinatura dos Acordos Interinstitucionais, em ato formal dirigido pelo Presidente da República, Luís Abinader, e pelo Ministro do Turismo, David Collado, numa das localidades mais emblemáticas de a Cidade Colonial, o Parque Colón.  

Para o efeito, foram convocadas as principais instituições que estão vinculadas à implementação dos projetos com base nas competências conferidas pela lei.

visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...