A Viva planeja baratear as passagens e abrir 15 novas rotas internacionais em 3 anos

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
https://po.travel2latam.com/nota/67780-a-viva-planeja-baratear-as-passagens-e-abrir-15-novas-rotas-internacionais-em-3-anos
A Viva planeja baratear as passagens e abrir 15 novas rotas internacionais em 3 anos
Félix Antelo, Viva
Source: Viva
Ter 25 de maio de 2021

A empresa renova sua imagem e se consolida como a segunda companhia aérea mais importante da Colômbia


Disruptiva, sem medo das mudanças e 'desafiando o que se conhece' há nove anos quando chegou ao mercado colombiano e iniciou uma nova história na aviação do país, hoje a Viva Air se transforma e muda sua imagem, passando a se chamar simplesmente 'Viva 'É tão fácil e simples, com o objetivo de que todos os viajantes continuem a voar mais, pagando menos; Com a convicção de continuar promovendo a inclusão aérea na Colômbia e como parte de sua estratégia de expansão no mercado, a Viva lança sua marca renovada e os planos de crescimento que a acompanham, nos quais planeja abrir 15 novas rotas internacionais nos próximos três anos, que permitirá aos colombianos viajar por todo o continente, incluindo novos destinos que conectarão o país com as Américas do Norte, do Sul e do Caribe.

A Companhia, que no ano passado se consolidou como a segunda companhia aérea mais importante do país, mobilizou como Grupo mais de 2,4 milhões de passageiros desde o reinício das operações aéreas, o que mostra o bom momento que atravessa a companhia aérea, bem como a aceitação do modelo Low Cost e seus preços atrativos, que permitem a muito mais gente voar. E é assim que, firme representante do modelo, que tem como desafiadora meta de ter o menor custo unitário por passageiro do mundo, que somada à nova oferta internacional, e dobrar o número de aeronaves da sua frota, vai permitir isso continuar oferecendo os melhores preços aos viajantes da região.

Além disso, no âmbito do seu nono aniversário, a companhia aérea apresenta a sua nova imagem de marca, com a qual procurará continuar a transformar o transporte aéreo na região, sempre com os mais elevados padrões de pontualidade nos seus voos e biossegurança, bem como com a frota mais jovem da Colômbia e a terceira da América do Sul. A partir de hoje, a Empresa deixará de ser 'Viva Air', para se chamar 'Viva', com uma marca que já está posicionada na mente e no coração dos colombianos.

“Firmes com a nossa promessa de promover a inclusão aérea, ao permitir que os colombianos voem mais graças aos benefícios do modelo de baixo custo, anunciamos o lançamento de nossa marca renovada que agora será apenas Viva. Esta mudança representa o próximo passo da nossa companhia aérea e o compromisso com todos os colombianos para que voem mais e para mais destinos pagando menos ”, afirmou Félix Antelo, presidente e CEO do Grupo. Ele também acrescentou que “Nove anos atrás, nascemos como uma companhia aérea determinada a transformar o transporte aéreo na Colômbia. Hoje podemos dizer que graças ao trabalho comprometido e à confiança de milhões de colombianos, a Viva projeta um futuro de destaque, no qual daremos continuidade ao nosso plano de expansão no mercado nacional e internacional.

A título de exemplo, a Viva acrescentou quatro novas rotas internacionais à sua rede este ano: Cancún-Medellín, Cidade do México-Medellín, Orlando-Medellín e Cidade do México-Bogotá. Com este lançamento, a Viva duplica sua oferta internacional e revela seus planos de expansão em que Medellín, sua cidade-sede, será o centro de conexões na América.

Assim, buscando fomentar o desenvolvimento e a conectividade da região, o Viva recentemente oficializou Medellín e o Aeroporto Internacional Rionegro José María Córdova como seu Centro de Operações, com a promessa de transformar a capital de Antioquia e da Colômbia no novo eixo do continente. conexões de ar. Isso oferece conectividade única e oportunidades de economia para os viajantes, conectando todo o país com os melhores preços.

Com a implantação de operações para novos destinos nacionais e internacionais neste ano, a companhia aérea operará 26 rotas para 12 destinos no país e sete internacionais em cinco destinos que incluem Peru, México e Estados Unidos. Além disso, no compromisso de se expandir no mercado nacional e internacional, estima transportar como Grupo, entre 2022 e 2025, cerca de 50 milhões de passageiros, o que representa mais um passo para se consolidar como a melhor companhia aérea Low Cost da região. 

visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...