México e Espanha realizam fórum sobre experiências regulatórias e biossanitárias para o turismo

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
https://po.travel2latam.com/nota/66701-mexico-e-espanha-realizam-forum-sobre-experincias-regulatorias-e-biossanitarias-para-o-turismo
México e Espanha realizam fórum sobre experiências regulatórias e biossanitárias para o turismo
Qua 31 de março de 2021

Participaram o Secretário de Turismo do México e o Ministro da Indústria, Comércio e Turismo do Governo da Espanha


O Secretário de Turismo do Governo do México, Miguel Torruco Marqués, e a Ministra da Indústria, Comércio e Turismo do Governo da Espanha, María Reyes Maroto Illera, chefiaram o Primeiro Fórum Binacional de Turismo Bioseguro México-Espanha: “Regulatório e Bio Experiências Sanitárias para o Turismo ”, em que se destacou que este evento é um espaço de diálogo e troca de experiências entre dois países irmãos, e uma ponte entre as Américas e o continente europeu.

O chefe do Ministério do Turismo (Sectur) indicou que em 2019 a Espanha foi o sexto mercado emissor do México no mundo, com 392 mil turistas que chegaram por via aérea, o que representou uma despesa de pouco mais de 392 milhões de dólares. Por sua vez, a Espanha foi o primeiro destino europeu visitado por mexicanos, com 598 mil turistas, ou seja, um aumento de vinte por cento em relação a 2018.

No entanto, afirmou que em 2020 a pandemia Covid-19 mudou tudo, já que o México recebeu cem mil turistas espanhóis, o que representou uma queda de 74,5 por cento em relação a 2019, com um derramamento econômico de 99 milhões de dólares e uma redução de 75 por cento.

Ele expressou que, nos últimos meses, as autoridades de saúde e os principais atores da indústria do turismo no mundo fizeram avanços significativos para neutralizar os efeitos da pandemia.

“No México, de acordo com o Ministério da Saúde, até o final de abril a vacinação de pessoal médico, idosos e professores do setor de educação já terá sido concluída e os avanços continuarão a cobrir a população total este ano.”, Ele destacou.

Ele aproveitou o encontro para, na qualidade de presidente da Comissão Interamericana de Turismo (Citur) da Organização dos Estados Americanos (OEA), transmitir à União Européia uma mensagem do continente americano: que os governos de nosso continente une esforços para reativar com segurança a mobilidade dos viajantes internacionais na região e reconquistar sua confiança.

Nesse sentido, o Secretário Torruco Marqués anunciou os acordos alcançados na sessão de trabalho realizada em 26 de março, com a presença dos 35 países membros da CITUR, além da Itália, como país convidado, por trazer a presidência do G20 2021 .

Entre os acordos, informou, está a busca de sinergias em nível nacional e regional, que facilitem a mobilidade turística, tanto dentro de cada país quanto entre nações, respeitando as normas de saúde estabelecidas pelos diversos governos e evitando práticas discriminatórias; chegar a um consenso interamericano sobre a homogeneização de protocolos biossanitários; colaborar com o setor privado no desenvolvimento de uma ferramenta tecnológica única que facilite a reativação de viagens e turismo de forma segura; e buscar acesso rápido, eficaz e equitativo às vacinas Covid-19.

“Em virtude da liderança do governo da Espanha na Europa e na presença de Zurab Pololikashvili, Secretário-Geral da Organização Mundial do Turismo (OMT), gostaria de pedir a vocês que sejam o elo para que esses acordos tenham um quadro mais amplo de análises com alcance global, porque sabemos que não bastam esforços a nível regional ”, afirmou.

Comentou que no México, desde o início da pandemia, o Ministério do Turismo, em coordenação com o Ministério das Relações Exteriores e Saúde, bem como com o setor privado, por meio de suas associações e câmaras de turismo, tem trabalhado na implementação do um conjunto de protocolos biossanitários que visam garantir a segurança, em termos de saúde, de toda a cadeia de valor do setor do turismo.

Entre esses protocolos estão a “Diretriz Nacional para a Reabertura Gradual do Setor de Turismo”; e o “Selo de Qualidade de Ponto Limpo versão 2020, Boas Práticas de Qualidade Higiênico-Sanitária no Setor de Turismo”. “Também estamos prestes a desenvolver e implantar um sexto protocolo, o“ Selo Negócio Seguro ”, que seria concedido pelas Secretarias de Saúde e Turismo para acelerar a recuperação de indústrias tão importantes em nosso país, como Congressos e Convenções”, afirmou. disse.

Das conclusões a que chegou neste encontro, Torruco Marqués especificou que é necessário promover a colaboração através destes encontros, partilhar conhecimentos e trocar boas práticas entre regiões e países, “pois será sempre uma fonte de inspiração encontrar soluções inovadoras num novo contexto regional e global ”.

Informou que no dia 19 de janeiro o México se reuniu com os presidentes da "Brand USA" e da "Destination Canada", agências de promoção turística de seus dois principais mercados emissores, onde foram montadas mesas de trabalho para a troca de informações precisas sobre o bio. -medidas sanitárias realizadas nos três países, a fim de reativar a mobilidade dos viajantes na região da América do Norte e recuperar a conectividade aérea o mais rápido possível.

Por isso, propôs dar seguimento a este fórum binacional, montando uma mesa de trabalho para troca de informações sobre as medidas de biossegurança e controle epidemiológico implementadas pelos principais destinos turísticos e atores do setor. “Seria assim, um observatório turístico permanente entre nossas nações”, disse.

Da mesma forma, convidou as autoridades espanholas a utilizarem o Instrumento Jurídico de Cooperação Turística já existente entre o México e a Espanha, o Memorando de Entendimento assinado em 24 de janeiro de 2019, no âmbito da Feira Internacional de Turismo da Espanha (Fitur), a fim de estabelecer um roteiro que leve a uma recuperação rápida do fluxo turístico entre os dois países.

Por fim, o chefe da Sectur propôs uma reunião em Madrid, durante a edição de 2021 da Fitur, para retomar os acordos alcançados na reunião. Ele também comemorou a troca de experiências e ideias que levaram a este primeiro Fórum Binacional de Turismo Bioseguro México-Espanha.

Também participaram da reunião Zurab Pololikashvili, Secretário-Geral da Organização Mundial do Turismo; Roberta Andraghetti, assessora regional de Regulamentos Sanitários Internacionais do Departamento de Emergências de Saúde da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS); Peter Cerdá, vice-presidente regional para as Américas da International Air Transport Association (IATA); Humberto Hernández-Haddad, Subsecretário de Qualidade e Regulação da Sectur; e Fernando Valdés Verel, Secretário de Estado do Turismo do Governo da Espanha.

Durante o Fórum, foram realizados dois painéis de especialistas. Na primeira, intitulada: “Facilite viagens seguras”, participou Sabina Fluxá, vice-presidente e CEO do Grupo Iberostar; Guillermo González Vallina, Diretor de Vendas da Península Ibérica para a Espanha, Portugal e Norte da África; e Encarna Piñeiro, presidente da Inverhotel.

No segundo: "Protocolos de biossegurança: homogeneização da segurança sanitária no turismo", participou Miguel Molina Urías, Apoio Técnico da Direcção de Investigação Operacional Epidemiológica e colaborador do Regulamento Sanitário Internacional do Ministério da Saúde; Christian Pastrana, Diretor de Comunicação e Relações Públicas da Aeroméxico; Jorge Manos Esparragoza, Secretário Técnico da União de Secretários de Turismo do México (Asetur); Juan José Fernández Carrillo, presidente da Associação Mexicana de Hotéis e Motéis (AMHM); Luis Barrios Sánchez, presidente da Associação Nacional de Cadeias Hoteleiras (ANCH); José Manuel López Campos, presidente da Confederação das Câmaras Nacionais de Comércio, Serviços e Turismo (Concanaco Servytur); Germán González Bernal, Presidente da Câmara Nacional da Indústria da Restauração e Alimentação Temperada (Canirac); Cuitláhuac Gutiérrez, diretor geral da Câmara Nacional de Transporte Aéreo (Canaero) e diretor da IATA no México; e Hilario Pérez León, diretor geral de Certificação de Turismo da Sectur.

Presentes também María Carmen Oñate Muñoz, Embaixadora do México na Espanha; José Alfonso Zegbe Camarena, Chefe de Unidade da Direção Executiva de Estratégia e Diplomacia Pública do Ministério das Relações Exteriores; e Juan López Dóriga Pérez, embaixador da Espanha no México.

visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...