Segundo ANATO, 2021 é o ano da recuperação do turismo colombiano

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
https://po.travel2latam.com/nota/66582-segundo-anato-2021-e-o-ano-da-recuperao-do-turismo-colombiano
Segundo ANATO, 2021 é o ano da recuperação do turismo colombiano
Qui 25 de março de 2021

Segundo dados da ProColombia, as novas reservas aéreas internacionais para viajar ao país no primeiro semestre ainda são superiores aos cancelamentos


De acordo com o relatório de resultados mais recente do World Travel & Tourism Council, WTTC em 2020 a contribuição do turismo para o PIB global foi de 5,5%, o que representou US $ 4,7 bilhões e uma redução de 49,1% em relação à contribuição em 2019 de 10,4 % (US $ 9,2 trilhões).

Em relação aos gastos com turismo internacional, o estudo revelou que em 2020 foi de US $ 518 bilhões, o que significou uma redução de 69,4%, em comparação com US $ 1,7 bilhão em 2019. Em 2020, os gastos com turismo internacional representaram 18% do gasto total com turismo, que é, 10,3 pontos percentuais a menos que os 28,3% que representava em 2019.

“O panorama que a situação epidemiológica deixou no mundo em 2020 mostra o grave impacto que o setor teve dentro e fora do país. Porém, a partir da reativação que vem se desenvolvendo gradativamente, o turismo começa a apresentar números satisfatórios e um aumento do interesse dos passageiros em retomar suas viagens. Esperamos que 2021 seja o ano da recuperação do setor ”, disse Paula Cortés Calle, presidente executiva da ANATO. 
 
Porém, de acordo com o último estudo do viajante nacional realizado pela ANATO, 80% dos entrevistados pretendem viajar durante 2021. Além disso, segundo dados da ProColombia, as novas reservas aéreas internacionais para viajar à Colômbia durante o primeiro semestre são ainda superior aos cancelamentos, destacando que 5 países concentram 76,5% das reservas para a Colômbia: Estados Unidos (48,4%), Chile (13,12%), Argentina (5,66%), Brasil (4,68%) e Espanha (4,53%).

Isto, face a uma maior dinâmica do transporte aéreo de passageiros, visto que, com base nos cálculos da ANATO, entre os dias 1 e 23 de março, a reativação do movimento de passageiros nos voos domésticos foi de 77% e nos voos internacionais em 31%, o que é deverá aumentar devido a uma redução nas restrições dos países.

visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...