Chile promove liderança feminina na indústria do turismo

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
https://po.travel2latam.com/nota/66304-chile-promove-liderana-feminina-na-industria-do-turismo
Chile promove liderança feminina na indústria do turismo
Sex 12 de março de 2021

Importante iniciativa busca promover a participação das mulheres na reabertura do setor 


Com o tempo, o turismo se posicionou como um setor resiliente e inovador, no qual a equidade de gênero está no centro dessa indústria. Em todo o mundo, as mulheres representam 54% da força de trabalho nesta atividade, conforme divulgado recentemente pela Organização Mundial do Turismo; No Chile, o número de mulheres ocupadas no turismo é de 42,7%, graças à recuperação ocorrida no último trimestre móvel (11,3%) e que permitiu a mais de 19 mil mulheres recuperar suas fontes de trabalho no setor. Com isso, o turismo supera a média nacional para a força de trabalho feminina, que chega a 40,7%.

Diante do cenário atual em que o turismo enfrenta uma crise sem precedentes, adaptação e resiliência são características fundamentais e também muito próprias das mulheres. Assim, com o objetivo de promover a liderança feminina no setor, foi lançada esta manhã uma nova versão do Concurso Empreendedor de Turismo, com o qual o Ministério da Mulher e da Eqüidade de Gênero, Sernatur e BancoEstado vão premiar quem para o novo contexto em que continuam apostando turismo. 

O foco deste ano são aqueles que, com criatividade e esforço, agregaram atributos de inovação, digitalização e sustentabilidade em suas operações ou geraram alianças para manter seus negócios. Entre os candidatos, serão escolhidos os dois melhores empresários, que receberão US $ 2 milhões cada. Da mesma forma, levarão um kit audiovisual: um vídeo de um minuto e um livro de trinta imagens profissionais, um prêmio que equivale a cerca de US $ 4.000.000 e que os ajudará a divulgar de forma mais eficaz as experiências turísticas que oferecem.

No lançamento do concurso, a Ministra da Mulher e da Equidade de Género, Mónica Zalaquett; o subsecretário de Turismo, José Luis Uriarte; a diretora nacional da Sernatur, Andrea Wolleter; o gerente geral executivo do BancoEstado, Juan Cooper, e o gerente geral do BancoEstado Microempresas, Emilio Vélez; que compartilhou com mulheres dirigentes do turismo no Chile e representantes de sindicatos, entre elas, Bárbara Vallejos, da Associação de Mulheres no Turismo; Helen Kouyoumdjian, da Fedetur; Javiera Montes, de Achiga; e Lorena Arriagada, do Achet.

O Ministro Zalaquett disse que “a crise de saúde gerada por covid-19 nos impôs novos desafios. As mulheres foram as mais afetadas pelos efeitos desta pandemia, de diferentes maneiras. Mas podemos transformar crises em oportunidades e tenho certeza que nossa capacidade de adaptação e reconversão nos permitirá continuar avançando, mais fortes. Daí a importância de promover os seus empreendimentos, neste caso, na indústria do turismo, porque estou convicta de que a reativação económica do nosso país virá também das mãos do turismo e das mulheres empoderadas que trabalham neste sector ”.

Por seu turno, o subsecretário José Luis Uriarte afirmou que “o turismo nacional é constituído principalmente por micro e pequenos negócios, nos quais as mulheres desempenham um papel central. Aos poucos vamos recuperando os espaços que a pandemia nos tirou e, com isso, os 200 mil empregos perdidos dos mais de 640 mil que foram em 2019. Nessa recuperação, o trabalho, as lideranças e a visão das mulheres é fundamental, tal como era no início deste setor a nível nacional, há mais de uma década ”.

Mulher Empreendedora Turística 2021
Desde 2011, o concurso Mulher Empreendedora Turística tem destacado as mulheres líderes pela sua contribuição para esta atividade, como as tradições e costumes do ambiente em que desenvolvem os seus produtos e serviços, elementos que proporcionam experiências únicas e autênticas aos visitantes .
Sobre o que se pretende com esta iniciativa, Andrea Wolleter, diretora da Sernatur, afirmou que “o objetivo é dar visibilidade ao turismo em tempos de crise, evidenciando a resiliência das mulheres que, estando a cargo dos seus empreendimentos neste contexto adverso, incorporaram aspectos de gestão e inovação frente à crise para continuar operando. São tempos difíceis para a indústria, por isso, com este concurso, vamos dar visibilidade e reconhecer as lideranças femininas no turismo de forma a apoiar a sua reativação ”.
Entretanto, Juan Cooper do BancoEstado assegurou que “estamos muito orgulhosos por fazer parte deste concurso, que destaca o papel da mulher empresária turística. Como entidade financeira, queremos continuar a apoiá-los e fazer parte da reativação dos seus negócios, através dos créditos Fogape Reactiva e dos nossos programas de formação e assessoria que promovem e potenciam o seu desenvolvimento empresarial ”.

Como participar? As mulheres que se interessarem em participar do concurso deverão acessar somente  www.sernatur.cl/mujerempresariaturistica  e preencher o formulário de inscrição que estará disponível até as 23h59 da sexta-feira, 9 de julho de 2021.
No site, você também encontra Você pode encontrar as bases e todos os requisitos para fazer parte do Tourist Business Woman 2021.

Terminada a fase de candidatura, uma comissão regional avaliará e definirá uma comissão selecionada por região. Posteriormente, uma comissão nacional - formada por profissionais do Sernatur, Ministério da Mulher e Equidade de Gênero e BancoEstado - avaliará as dezesseis propostas finalistas e definirá as duas melhores.

visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...