Barbados lidera o processo de vacinação em massa nos países caribenhos

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
https://po.travel2latam.com/nota/66060-barbados-lidera-o-processo-de-vacinao-em-massa-nos-paises-caribenhos
Barbados lidera o processo de vacinação em massa nos países caribenhos
Ter 02 de março de 2021

O país está em processo de vacinação contra COVID-19, com 100.000 doses da vacina Oxford-AstraZeneca doadas pela República da Índia


Barbados colocou em marcha um programa de vacinação em massa contra a COVID-19, que pôde começar após a doação de 100,000 doses da vacina Oxford-AstraZeneca pela Índia.
Hoje, mais de 25.000 pessoas já receberam suas primeiras doses no País –aproximadamente 12.5 % da população adulta – em apenas duas semanas do começo do programa, Barbados assume a liderança como o país mais vacinado do Caribe.
“Esse é um começo louvável para um país que realmente não tinha algo já pré-estabelecido em termos de um programa de vacinação,” disse a primeira-ministra Mia Amor Mottley.
A Organização Mundial de Saúde (OMS) descreve a vacinação como uma ferramenta-chave na hora de reduzir o impacto da COVID-19 ao redor do mundo.
Segundo a OMS “Se você está protegido contra uma potencial infecção e contra a doença, você tem menos chances de infectar outras pessoas. Isto é particularmente importante para que possamos proteger as pessoas que têm maior risco de contrair doenças severas graças à COVID-19, como profissionais de saúde, idosos ou adultos mais velhos, e pessoas com outras condições médicas.”
Em declaração oficial, a primeira-ministra Mottley acrescentou que o programa de vacinação completo é o quarto passo do plano de administração da COVID-19 em Barbados. Outras estratégias incluem o rastreio de contatos; testes de laboratório; protocolos de saúde pública como por exemplo distanciamento físico e lavagem das mãos; e a Operação “Seek and Save” (Procurar e Salvar), que levou representantes do
Ministério de Saúde e Bem Estar até diferentes comunidades, para fazer avaliações de saúde pública, procurando indivíduos que potencialmente estariam infectados pelo vírus sem saber, e oferecendo tratamento de saúde precoce para estas pessoas, em especial os mais idosos.
A primeira onda de vacinações foi dirigida aos trabalhadores que estão na linha de frente, incluindo aqueles do setor de turismo, bem como a população vulnerável, incluindo idosos e pessoas com comorbidades. Agora, todos os cidadãos acima de 18 anos estão se apresentando para receber a sua primeira dose da vacina.
De modo a garantir a proteção de todos, o governo disse que obterá mais doses da vacina contra a COVID-19 para as pessoas que estejam na ilha, sejam elas cidadãs ou não, até o final de abril ou começo de maio de 2021.
visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...