Costa Rica, o país mais bem preparado para a pandemia pós-Covid-19

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
http://po.travel2latam.com/nota/59987-costa-rica-o-pais-mais-bem-preparado-para-a-pandemia-pos-covid-19
Costa Rica, o país mais bem preparado para a pandemia pós-Covid-19
Seg 04 de maio de 2020

O país da América Central não tem contágio comunitário, registra a menor taxa de mortalidade na América (0,81%), mais se recuperou do que casos ativos e fez avanços científicos no estudo e tratamento


Apesar de as autoridades de saúde indicarem que os efeitos do Coronavírus não foram superados, a Costa Rica já se posicionou como um dos países mais bem preparados do mundo para a era pós-pandêmica.

De acordo com um relatório do governo da Costa Rica publicado hoje, três novos casos de COVID-19 foram registrados nas últimas 24 horas, num total de 742 casos confirmados. Existem 352 mulheres e 390 homens, dos quais 663 são costa-riquenhos e 79 estrangeiros.

Há 399 pessoas recuperadas em 54 cantões, dos quais 192 são mulheres e 207 são homens. Seis mortes lamentáveis ​​foram confirmadas, todos os homens com idades entre 45 e 87 anos.

Aqui estão as chaves para a Costa Rica por seus bons registros:

1-Sistema de Saúde Pública Universal.
A Costa Rica possui um dos melhores sistemas de saúde em nível internacional, de acordo com relatórios especializados, uma vez que a universalidade do sistema garante que as pessoas tenham acesso livre aos testes COVID-19, desde que cumpram os parâmetros estabelecidos a considerar alguém como um caso suspeito.
Na Costa Rica, existe uma rede hospitalar no sistema público, além de clínicas e uma pequena área de saúde para praticamente todos os bairros chamados Equipamentos Básicos para Atendimento Integral (Ebais).

2-Medidas fortes
Desde o início da pandemia, foram tomadas fortes medidas na Costa Rica, como o caso do fechamento das fronteiras, que afeta o setor da saúde. Da mesma forma, outras restrições foram aplicadas que abrangem vários setores econômicos do país.

3-costarriquenhos conscientes
A população da Costa Rica cumpriu as medidas dissecadas pelo Ministro da Saúde, que, médico de 43 anos e especialista em epidemiologia, tornou-se uma figura com discurso direto que permeia a população e às vezes se assemelha a uma bronca. .

4-Ciência e Tecnologia
Na Costa Rica, vários institutos de pesquisa tecnológica realizaram pesquisas científicas para gerar uma vacina ou cura para a pandemia, como é o caso do Instituto Clodomiro Picado da Universidade da Costa Rica, criado há 50 anos, especializado no desenvolvimento de antivenenos de cobra que exporta para vários países do mundo e está aplicando essa técnica para criar um soro para tratar pacientes gravemente enfermos de COVID-19.
O soro será desenvolvido com plasma doado por pacientes recuperados, uma vez que o corpo dessas pessoas gera uma imunidade (resistência) ao vírus.

O Centro Nacional de Inovações Biotecnológicas (CENIBIOT), que está realizando pesquisas que visam desenvolver seus próprios testes para a detecção do coronavírus.

Por sua vez, o Instituto Costarriquense de Pesquisa e Ensino em Nutrição e Saúde (Incenso), conseguiu pela primeira vez na história do país sequenciar o genoma de um vírus humano: o da SARS COV-2, que causa o COVID-19 .

Esse avanço nos permitirá saber se o vírus apresenta mutações ao longo do tempo, gerar informações úteis para o desenvolvimento de vacinas, conhecer a dinâmica e a diversidade da população viral, as rotas de transmissão no país, entre outros usos.

visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...