ANATO lidera propostas e ações imediatas para favorecer o turismo

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
http://po.travel2latam.com/nota/59815-anato-lidera-propostas-e-aes-imediatas-para-favorecer-o-turismo
ANATO lidera propostas e ações imediatas para favorecer o turismo
Paula Cortés Calle, ANATO
Ter 21 de abril de 2020

"Mantivemos contato constante com nossos associados e outros sindicatos para identificar suas necessidades e, assim, apresentar propostas claras e eficientes que nos ajudam a resolver essa situação", explicou Paula Cortés Calle, presidente executiva da associação


Desde o primeiro momento, a Associação viu o impacto que a pandemia de Coronavírus poderia trazer para o setor, e foi por isso que assumiu a posição de implementar um trabalho com o Governo Nacional que levou em consideração as necessidades de curto e médio prazo das Agências. Viagens e turismo em geral.
 
“Nós não paramos de trabalhar. Mantivemos contato constante com nossos associados e outros sindicatos para identificar suas necessidades e, assim, apresentar propostas claras e eficientes que nos ajudam a resolver essa situação. Enviámos uma comunicação ao Presidente da República, Ministério do Comércio, Indústria e Turismo, Ministério do Trabalho, Ministério das Finanças, DIAN, Aeronáutica Civil, Superintendência da Indústria e Comércio, Superintendência de Transportes, IATA, companhias aéreas, Bancoldex, Fundo Nacional de Garantias, entre muitas outras. ”, Explicou Paula Cortés Calle, presidente executiva da ANATO.

 Alguns dos problemas que as agências de viagens enfrentam são: a impossibilidade de comercializar qualquer tipo de serviço, enfrentar os pedidos de retorno maciço de dinheiro dos clientes, a falta de resposta de muitos fornecedores, a falta de liquidez para atender aos clientes. obrigações, realocação de viajantes em novos vôos, trazendo colombianos presos no exterior ou ajudando estrangeiros que tiveram que comparecer à quarentena obrigatória em nosso país, entre outros.

 
É por isso que alguns dos pedidos em que a Associação se concentrou são:

- Estabelecer subsídios e linhas de crédito de acordo com a necessidade da situação, o que permite resolver dívidas de curto prazo, cobertura de folha de pagamento, arrendamentos ou dívidas da empresa.
- Adiar o pagamento de parafiscais dos trabalhadores, inclusive os parafiscais do turismo, a fim de subsidiar e contribuir para o pagamento da folha de pagamento dos atuais trabalhadores.
-Estender aos residentes colombianos como benefício fiscal, por um período de seis meses, a isenção de IVA de estrangeiros e colombianos não residentes para incentivar viagens no território colombiano.
Adiar a apresentação e / ou pagamento dos impostos de renda e complementares para as agências de viagens, de forma que esta disposição possa ser usada para gerenciar a crise.
-Reveja com a DIAN o retorno dos saldos em favor das agências de viagens, melhorando o fluxo de caixa e o cumprimento das obrigações trabalhistas.
-Reveja uma medida da Aeronáutica Civil com relação a reembolsos e multas por alteração nos bilhetes solicitados pelos viajantes, para que haja instruções gerais para todas as companhias aéreas.
-Garantir que os reembolsos sejam entregues pontualmente pelas companhias aéreas, para que as agências de viagens possam disponibilizá-los aos clientes antes do prazo de trinta (30) dias estabelecido na regulamentação atual na Colômbia.
- Solicite à IATA flexibilidade para agendar o pagamento, para que as agências de viagens tenham flexibilidade com o estabelecido no agendamento de pagamento.
- Implementar um mecanismo que permita a flexibilidade do reembolso de todos os serviços não prestados devido a emergências, passagens aéreas, pacotes turísticos, reservas de hotéis, entre outros.
-Gestão com o Fundo Nacional de Garantia, para novos desembolsos: solicitamos uma garantia de 90% para empréstimos a empresas de todos os setores econômicos com vendas inferiores a 15.000 milhões de COP; e (ii) garantia de 80% para empréstimos a empresas de todos os setores econômicos, com vendas entre COP 15.000 milhões e COP 51.951 milhões.

visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...