Agências de viagens colombianas se preparam para recuperar atividades

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
http://po.travel2latam.com/nota/59681-agncias-de-viagens-colombianas-se-preparam-para-recuperar-atividades
Agências de viagens colombianas se preparam para recuperar atividades
Paula Cortés Calle, ANATO
Ter 14 de abril de 2020

"Está claro que o turismo não será o mesmo após esta crise. Por esse motivo, a união de todos os atores do setor será decisiva para retomarmos ou excedermos as taxas de crescimento ”, afirmou Paula Cortés Calle, presidente executiva da ANATO


Terminada a crise causada pelo Covid-19, os atores do setor terão que estabelecer novas metas, criar estratégias inovadoras e reinventar o trabalho diário. Continuar o trabalho que estava sendo feito não será suficiente para a recuperação da indústria de viagens.

Apesar de desconhecida a data em que as atividades de diferentes setores iniciarão sua reativação, a ANATO e suas agências de viagens já estão se preparando para planejar ações que levem a uma recuperação rápida, mas responsável no setor.

"Está claro que o turismo não será o mesmo após esta crise. É por isso que a união de todos os atores do setor será decisiva para retomarmos ou excedermos as taxas de crescimento que temos mostrado nos últimos 10 anos. Não será fácil e é por isso que devemos desenvolver um planejamento correto, inovador e oportuno ", afirmou Paula Cortés Calle, presidente executiva da ANATO.

Entre as medidas propostas pela Associação estão:

1. Sinergia do setor: Um dos principais aspectos a serem levados em consideração é criar um plano de trabalho que envolva os setores público e privado, que proponha táticas que busquem o mesmo objetivo. É aqui que também terá papel importante dar continuidade aos espaços comerciais, contatar novamente os fornecedores, por meio de eventos como o ANATO Tourist Showcase, o Congresso Nacional de Agências de Viagens e Turismo, entre outros.
 
2. Inovação: É de tempos difíceis ou de crise que as melhores idéias vêm. O turismo será diferente em alguns meses. Para isso, é necessário pensar e reinventar de uma maneira diferente, não apenas em quais produtos oferecer aos viajantes, mas também em como fazê-lo.
 
3. Promoção nacional: sem dúvida, o turismo doméstico será o primeiro a iniciar sua recuperação, por isso é importante implementar uma campanha que incentive os colombianos a visitar seu país novamente. Aqui as Agências de Viagem são chamadas a continuar promovendo os destinos, a fazer as embalagens, a dar maior desenvolvimento econômico às regiões da Colômbia.
 
4. Confiança do viajante: um dos trabalhos mais importantes, mas talvez mais complexo, é eliminar o medo dos turistas de viajar novamente e, por isso, é iminente ter um plano de trabalho acadêmico que aprofunde o conhecimento dos agentes de viagens. sobre as informações que eles transmitem sobre o problema recente, como os destinos a serem visitados e sob quais medidas de protocolo.
 
5. Turismo sustentável: Após essa crise, a saúde pública se tornará mais importante. As viagens em massa serão restritas, ajudando a conservar a capacidade de carga dos destinos, a sua preservação e a incentivar o desenvolvimento de um turismo responsável e a exploração de novas experiências.

visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...