Rio de Janeiro espera 3 milhões de pessoas em Copacabana

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
https://po.travel2latam.com/nota/58080-rio-de-janeiro-espera-3-milhes-de-pessoas-em-copacabana
Rio de Janeiro espera 3 milhões de pessoas em Copacabana
Seg 23 de dezembro de 2019

Começa a contagem regressiva para as duas festas mais coloridas e populares do Rio de Janeiro: Réveillon e Carnaval


O prefeito da cidade, Marcelo Crivella, apresentou os detalhes da festa de despedida do ano na praia de Copacabana, realizada desde a década de 1980. A comemoração é um dos marcos festivos da cidade e está organizada em articulação entre os setores público e privado, com uma chamada que no ano passado atingiu 2,8 milhões de pessoas.
"Não há nenhuma festa no mundo que reúna três milhões de pessoas, como a praia de Copacabana, e estamos trabalhando para superar os números de 2019 e vamos alcançá-lo", disse Crivella em entrevista coletiva, acompanhada pelas autoridades de a entidade de promoção turística da cidade, a Riotur, que estima o custo da organização em US $ 2,2 milhões.
A celebração na praia de Copacabana começará no dia 31 de dezembro às 19:00, com os primeiros shows artísticos. Este ano, haverá quatro cenários ao longo da orla, um a mais do que nas edições anteriores. O palco principal fica em frente ao hotel Belmond Copacabana Palace e o restante no Leme (Rua Anchieta), na rua Hilario de Gouveia e entre as ruas Bolívar e Barão de Ipanema.
O palco principal terá a presença de artistas que tocarão ao vivo e o resto dos DJs para animar a platéia; a novidade será a presença de artistas do gênero "gospel", como é conhecida a música evangélica ou cristã, além de ritmos como pop, funk e samba. "Pela primeira vez, daremos espaço à música" gospel ", que em nossa cidade é muito bem-sucedida no rádio", disse Crivella, também pastor evangélico e cantor e compositor de música cristã.
Os artistas que animarão a noite serão, nessa ordem, Anayle Sullivan (gospel), o guitarrista Allyrio Mello, seguido pelos sambistas Diogo Nogueira e Ferrugem, que estrelarão a contagem regressiva do tradicional show de fogos de artifício. Em seguida, DJ Marlboro e a escola de samba Mangueira se apresentarão.
O lema da festa será "Amor a cada vista", uma alegoria às belezas naturais e arquitetônicas do Rio, declarada pela UNESCO e pela União Internacional de Arquitetos como a Capital Mundial da Arquitetura 2020.
Para os turistas, o governo da "cidade maravilhosa" os convida a filmar e fotografar suas visitas às principais atrações e monumentos do Rio de Janeiro e divulgá-los nas redes sociais com a hashtag #vemprorio.
À meia-noite do dia 31, a tradicional queima de fogos em Copacabana dura 14 minutos. O show de pirotecnia contará com uma trilha sonora sincronizada, desenvolvida especialmente pelo músico Daniel Lopes. Para o lançamento dos fogos de artifício, 10 barcaças serão instaladas no mar com 16,9 toneladas de fogos de artifício.
Ao longo da Avenida Atlântica (que mede cerca de quatro quilômetros), sete telas gigantes serão instaladas para que o público possa acompanhar os shows musicais. Também haverá 16 torres de comunicação sonora, 800 banheiros químicos, quatro postos médicos e 30 torres da Polícia Militar.
E para quem não pode aproveitar o evento em primeira pessoa, o governo municipal transmitirá o evento ao vivo em suas redes sociais pela primeira vez.
De acordo com uma pesquisa realizada pela associação hoteleira Hotels Rio, a ocupação média de hotéis no Rio de Janeiro, até a primeira semana de dezembro, é de aproximadamente 75% para pacotes de 28 a 1 de janeiro, mas espera-se que exceder 90% na noite da véspera de Ano Novo. Na zona sul, 86% de ocupação já são relatados nos primeiros dias do mês em bairros como Ipanema, Leblon, Flamengo e Botafogo.
Para drenar o afluxo de turistas em Copacabana na noite de 31, o governo local e os hoteleiros organizaram celebrações com fogos de artifício e palcos em nove outros bairros da cidade, como Barra da Tijuca, Flamenco, Isla Paqueta, Ilha Governadora, Parque Madureira, Sepetiba, Guaratiba, Ramos (Piscinão) e Penha.

O palco que será montado em frente ao hotel Belmond Copacabana Palace para a despedida de 2019 não será desmontado em 1º de janeiro: permanecerá em pé para uma festa pré-carnaval que ocorrerá em 12 de janeiro com a apresentação de vassouras e Músicos de samba A idéia - segundo os organizadores - é estender as celebrações do Ano Novo e avançar as celebrações do carnaval para manter os turistas interessados ​​em visitar a cidade.

visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...