Ocupação de hotéis na Colômbia continua a aumentar

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
http://po.travel2latam.com/nota/57213-ocupao-de-hoteis-na-colmbia-continua-a-aumentar
Ocupação de hotéis na Colômbia continua a aumentar
Qui 07 de novembro de 2019

De acordo com o relatório de indicadores de hotéis emitido pela Cotelco, a ocupação do hotel em setembro foi de 59,10%

 


Durante o ano, de janeiro a setembro, o acumulado é de 56,17%, 1,1 ponto percentual a mais do que no mesmo período de 2018 e excede em 70 pontos base a projeção que a guilda havia proposto para 2019.
Para Gustavo Adolfo Toro Velásquez, presidente executivo nacional da Cotelco, “os números de empregos e outros indicadores, como criação de empregos, número de prestadores de serviços formais e investimentos, refletem o bom dinamismo do turismo e hotéis em A Colômbia, sem dúvida, é resultado de diferentes fatores, que vão desde a implementação de estratégias domésticas de promoção do turismo, desenvolvidas pelo Governo Nacional por meio da campanha #YoVoy, além de esforços de promoção internacional por meio da Procolombia ”.
Segundo o Sistema de Informação Hoteleira de Cotelco, como resultado da isenção do imposto de renda promulgado na reforma tributária de 2002, no país cerca de 55.000 quartos foram construídos e reformados em mais de 25.000, com um investimento próximo a 8 bilhões de pesos, o que permitiu melhorar a infraestrutura hoteleira do país e preparar destinos para o turismo em ascensão.
“O governo nacional vem promovendo o turismo como um setor de alto impacto para a geração de desenvolvimento econômico e social; Do setor privado, estamos convencidos de que esse setor é um importante gerador de emprego e renda, especialmente com o potencial cultural e natural que existe em nosso território. O turismo e a hospitalidade estão avançando nas previsões de crescimento para o quarto trimestre do ano e até 2020 ”, afirmou o presidente Gustavo Toro.
Regiões
Em setembro, San Andrés foi classificado como o destino com maior ocupação, atingindo 72,71% e um crescimento de 2,23 pontos percentuais, seguido por Antioquia em segundo lugar, com uma ocupação de 67,77% e um crescimento de 1,43 pontos percentuais. Em terceiro lugar, o município de Bogotá, DC, com 67,69% no indicador de ocupação e um aumento de 4,36 pontos percentuais, explicado principalmente pelo fortalecimento do segmento corporativo.
Atlântico, com 63,84% de ocupação e crescimento de 9,60 pontos percentuais, Barrancabermeja, que fechou setembro com 57,99% de ocupação e aumento de 22,7 pontos percentuais, e Norte de Santander com 56,82% em seu nível de ocupação e crescimento de 10,51 pontos percentuais. três destinos destacados no relatório publicado pela Cotelco.
Outras regiões com crescimento no período de medição foram: Casanare (+10,11 pp), Cesar (+9,80 pp), Santander (+5,13 pp), Nariño (+4,18 pp), Meta (+3,56 pp), Valle del Cauca ( +2,76 pp), Tolima e Alto Magdalena (1,48 pp), Quindío (+1,20 pp) e Magdalena (+0,88 pp).
No entanto, em algumas regiões houve uma redução no emprego, portanto, Caldas caiu 11,18 pontos percentuais, Cartagena caiu 9,12 pontos percentuais, Boyacá caiu 7,98 pontos percentuais. Huila e Risaralda também caíram em seu nível de ocupação em 4,77 e 2,48 pontos percentuais, respectivamente.
Em relação a outros indicadores de desempenho do setor, o relatório publicado pela Cotelco relata que a taxa real média aumentou 1,9%. Por outro lado, com a maior ocupação alcançada, a receita real dos hotéis aumentou 7,6% no mês de referência, da mesma forma que a lucratividade do setor medida pelo RevPar aumentou 7,5%.

visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...