Na Colômbia, o turismo é o terceiro gerador de moeda

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
https://po.travel2latam.com/nota/55576-na-colmbia-o-turismo-e-o-terceiro-gerador-de-moeda
Na Colômbia, o turismo é o terceiro gerador de moeda
Seg 29 de julho de 2019

Em 2018, gerou US $ 6.618 milhões em divisas, 12% a mais que em 2017, cujo valor foi de US $ 5.881 milhões

 


Um dos principais aspectos da contribuição direta da indústria de viagens e turismo na economia global são os gastos com turismo. Em 2018, cerca de US $ 1.643 bilhões em divisas estrangeiras relacionadas a ela foram gerados globalmente, 3% a mais do que em 2017 e este número deverá crescer 4%, acompanhando o aumento dos viajantes internacionais, segundo dados do WTTC. .

De acordo com os cálculos da ANATO, com base na Conta de Viagem e Transporte de Passageiros do Banrep, em 2018, os visitantes não residentes na Colômbia gastaram uma média de US $ 1.547 por pessoa durante suas viagens no país.
 
Da mesma forma, os dados são próximos aos resultados do estudo de mercado "Comportamento e preferências do viajante na Colômbia", realizado pela ANATO com a Datexco para 347 estrangeiros, que revelaram que, para viagens individuais e internacionais (fora de seus países de origem) ) gastam em média US $ 1.240, quando viajam em família em viagem internacional, US $ 1.750, quando viajam com amigos em viagem internacional, cerca de US $ 1.500 e, quando viajam em casal em viagem internacional, US $ 1.356 .
 
De acordo com a Organização Mundial de Turismo, UNWTO, em 2018, globalmente, os cinco países que registraram os maiores gastos com turismo foram: China, Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido e França. Deve-se notar que deste topo, os Estados Unidos são o principal emissor de turistas para a Colômbia.
 
Vale ressaltar que, de acordo com o relatório sobre o comportamento das despesas realizadas por visitantes estrangeiros na Colômbia da ProColombia (Compras feitas com cartão Visa), 57% dessa despesa foi concentrada em 6 categorias: hotéis, companhias aéreas, roupas, restaurantes, Aspectos clínicos e Agências de Viagens, sendo Bogotá (45%), Antioquia (18%) e Bolívar (12%), onde mais foi gasto.
 
"Esses números são muito importantes, mas também o fato de que a percepção de que temos fora das atrações de nosso país e a relevância e o valor que os colombianos estão dando para viajar em lugares diferentes dele está melhorando cada vez mais. Devemos continuar trabalhando, nas mãos das agências de viagem, não só porque esses turistas conhecem novos destinos dentro de nosso território, mas também porque repetem sua visita e recomendam a vinda de outros ", disse Paula Cortés Calle.
 
Em relação ao turismo interno, segundo a Pesquisa de Despesa Interna do DANE, EGIT, em uma amostra total de 21,3 milhões de pessoas, de 24 cidades e regiões metropolitanas da Colômbia, 12% viajaram dentro do país. O consumo médio diário per capita do total de pessoas viajando dentro do país foi de COP 72.517 e os itens com maior gasto foram: alimentos e bebidas; alojamento; transporte terrestre (de e para o destino); serviços culturais e recreativos; souvenirs e artesanato; entre outros.
 
Da mesma forma, de acordo com a mesma fonte, a média do gasto turístico doméstico per capita / dia de acordo com o motivo da viagem é: comercial ou profissional (COP 189.201); recreação-férias (COP 82.699) e visita parentes ou amigos (COP 38.271).

visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...