Triángulo Norte cria união aduaneira única para facilitar viagens na América Central

1024 576
Travel2Latam
Travel2Latam
http://po.travel2latam.com/nota/50972-triangulo-norte-cria-unio-aduaneira-unica-para-facilitar-viagens-na-america-central
Triángulo Norte cria união aduaneira única para facilitar viagens na América Central
Ter 21 de agosto de 2018

Honduras e Guatemala saudam El Salvador como o mais novo membro do bloco econômico da América Central


O Presidente de Honduras, Juan Orlando Hernández, anunciou a adição de El Salvador para a União Aduaneira Triângulo Norte, juntamente com o presidente da Guatemala Jimmy Morales e El Salvador Presidente Salvador Sanchez Ceren. Este bloco econômico integrado ajudará a livre circulação de pessoas e bens através dos três países, gerando emprego, aumentando as oportunidades de comércio, melhorando a segurança regional e facilitando o turismo. Os três países representam um território de mais de 200.000 quilômetros quadrados, aproximadamente 60% da população da América Central.

O acordo inicial entre Honduras e Guatemala teve início em junho de 2017. Desde a implementação do programa, os países registraram crescimento de 1,4% e 1,2% em seus respectivos Produtos Internos Brutos (PIB). Com a incorporação de El Salvador, 14 meses depois, os três países esperam agora um impacto comercial de US $ 117 milhões em benefícios comerciais em toda a região.

Autoridades do governo confirmaram que, como resultado do novo centro, o tempo gasto na alfândega diminuirá significativamente, criando uma região mais competitiva para produtores e compradores que investem na América Central. Com a conclusão da Rodovia Omoa, localizada no norte de Honduras, estendendo-se até a Guatemala, o transporte de mercadorias e pessoas em toda a América Central será facilitado ainda mais.

O recente sucesso da união aduaneira aumenta a transformação de Honduras em um centro logístico na América Latina. Por meio do apoio do plano econômico do presidente, Honduras 2020, Honduras investiu US $ 2,4 milhões no ano passado em rodovias para facilitar as viagens regionais.

O presidente Juan Orlando Hernández diz: "Graças à nova União Aduaneira entre Honduras, Guatemala e El Salvador, queremos nos tornar a oitava maior economia da América Latina". Ele continua: "Começamos a definir nossos objetivos a curto, médio e longo prazo, e espero que acabe incluindo também a Nicarágua, Costa Rica e Panamá".

"Com a adição de El Salvador, a nossa nova união aduaneira nos ajudará a estabelecer uma integração produtiva e capacidades mercado comum que vai abrir mais oportunidades e gerar competitividade económica na América Latina", disse Jimmy Morales, presidente da Guatemala.

Os projetos de desenvolvimento que a administração do presidente Juan Orlando Hernández continua promovendo indicam uma nova fase de modernização do país. Ao ajudar Honduras a atrair mais oportunidades de investimento, turismo e exportações, o país da América Central está melhor posicionado no mercado global.

visitas

¿Gostaste da nota? ¡Compartilha-a!

tendências
O que nossos leitores estão a ler neste momento

Você pode continuar lendo ...